Desidratação do disco intervertebral


Conforme envelhecemos, ocorre a desidratação e o ressecamento do disco intervertebral. Com isso ele perde elasticidade e se torna suscetível a fragmentação.

Esse processo degenerativo leva à diminuição da altura do disco e à projeção das fibras anelares. As bordas das cartilagens ficam enfraquecidas e a tração dos ligamentos já não é a mesma. A capacidade de absorver impactos diminui e a contratura muscular aumenta, causando dor.


A instabilidade na coluna pode prejudicar as articulações e gerar os chamados “bicos de papagaio”. O diagnóstico é confirmado com Raio-X ou ressonância magnética.

Na fisioterapia podem ser utilizadas técnicas manuais e mesa de tração eletrônica, além de exercícios específicos que visam a estabilização vertebral, o fortalecimento muscular e a mobilização das articulações.